HomeEconomiaPecuária

Em abril, exportação de frango cresce 34,6% em receita, diz ABPA

Em abril, exportação de frango cresce 34,6% em receita, diz ABPAAumento de vendas em outros mercados compensou retração chinesa. Foto: ABPA

ABPA lamenta declaração de ministro francês sobre carne de frango brasileira
Com crescimento animador, setor avícola batalha por acordos bilaterais
Alta de ração afeta todos os mercados de proteína animal, diz ABPA

As exportações de carne de frango in natura e processada do Brasil em abril atingiram 418,2 mil toneladas, 5,7% acima de igual mês de 2021, informou nesta sexta-feira, 13/5, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O avanço na receita foi de 34,6%, para US$ 821 milhões. No acumulado dos quatro primeiros meses de 2022, o volume total das exportações foi de 1,56 milhão de toneladas, e a receita alcançou US$ 2,87 bilhões, altas anuais de 9% e 32,4%, respectivamente.

No primeiro quadrimestre deste ano, os principais importadores do produto brasileiro foram China, com 197,1 mil toneladas (-3%); Emirados Árabes Unidos, com 164,4 mil toneladas (+80,4%), Japão, com 132,4 mil toneladas (+0,3%), África do Sul, com 119,8 mil toneladas (+14,3%), União Europeia, com 71,7 mil toneladas (+27,8%), e México, com 58,5 mil toneladas (+128,6%).

O presidente da ABPA, Ricardo Santin, afirmou em nota que a retração nas compras chinesas foi compensada pelo aumento nas vendas para Oriente Médio, Ásia e Europa.

“Os impactos gerados pela influenza aviária em grandes produtores e exportadores favoreceram o Brasil no comércio global, já que o país nunca registrou focos da enfermidade”, aponta o executivo em comunicado. “A forte elevação dos custos de produção e a alta dos preços dos alimentos em âmbito global também influenciaram o resultado cambial das exportações, minimizando as dificuldades enfrentadas pelo setor.”

Fonte: Estadão Conteúdo