HomeEconomia

Etanol de milho é uma ferramenta importante para o produtor

Etanol de milho é uma ferramenta importante para o produtorEtanol do milho traz oportunidades para MT. Foto: Pexels

Exportações totais de carne bovina caíram 47% em novembro, diz Abrafrigo
Bombeiros de MS atuam em parceria com a Nasa
Ministério da Agricultura faz balanço de 500 dias de atuação

Temas como a produção de etanol de milho e suas principais vantagens para o produtor rural foram debatidas durante o Fórum Mais Milho, durante a feira Norte Show, em Sinop. O evento contou com dois painéis em que também foi discutido sobre como ser um campeão de produtividade. As informações são do Canal Rural.

De acordo com o site, no ano safra 2023/24 as projeções apontam uma moagem de aproximadamente 13,5 milhões de toneladas de milho para a produção de etanol, dos quais 9,35 milhões somente em Mato Grosso. Os números foram apresentados pelo superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Cleiton Gauer.

“O setor se desenvolveu muito nos últimos anos e ainda tem espaço para crescer pela frente e muitas oportunidades”, disse.

De acordo com Guilherme Nolasco, presidente da União Nacional do Etanol de Milho (Unem), o etanol do milho chegou como uma ferramenta à mais para o produtor mato-grossense e brasileiro. No ano safra 2023/24, as perspectivas apontam para uma produção de seis bilhões de litros de etanol de milho.

“É mais um nicho de mercado. Vale lembrar que a cana é sazonal. Ficava-se um período com a indústria parada. E, o milho traz segurança e até competitividade no preço do combustível. É uma indústria que começou a se consolidar”, comentou.

Nolasco falou sobre garantia que traz também do etanol anidro para a mistura de 27% na gasolina, uma vez que já se registrou problemas de oferta diante da quebra da safra de cana.

Além de fomentar a produção do cereal no Estado e no país, o etanol do milho gera co-produtos como o óleo e o DDG, DDGS, estes últimos usados na ração animal, além de fomentar a geração de energia e a produção de florestas plantadas de eucalipto.

Produtividade

Mato Grosso na safra 2022/23 deve produzir cerca de 46,4 milhões de toneladas de milho em uma área de 7,4 milhões de hectares, extensão, inclusive que corresponde a aproximadamente 70% da área destinada para a soja. Na safra 2021/22 foram 43,8 milhões de toneladas.

Estimativas do Imea apontam para o atual ciclo uma produtividade média de 104,29 sacas por hectare, contudo é possível ver produtor colhendo o dobro da média estadual.