HomeEconomia

Governo apresentará dados técnicos para reverter embargo da China

Governo apresentará dados técnicos para reverter embargo da China

Exportações de carne bovina de MT em maio caem 8,8% ante abril
Exportações do agro crescem 26,7% em agosto, diz CNA
China suspende importação de carne de frango de unidade da BRF em MT

O Ministério da Agricultura confirmou na segunda-feira, 31/1, que a China suspendeu temporariamente a habilitação para exportações de proteína de frango de duas plantas brasileiras, com Serviço de Inspeção Federal (SIF). O governo destacou, porém, que “a área técnica do Ministério da Agricultura discorda da decisão adotada pela autoridade sanitária da China.”

As unidades suspensas são: Bello Alimentos Ltda (nome fantasia Frango Bello), de Itaquiraí (MS), e São Salvador Alimentos S/A (nome fantasia Super Frango), em Itaberaí (GO).

Conforme o comunicado, o Brasil “apresentará as informações técnicas para reverter a suspensão” junto à Administração Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês), o órgão do governo chinês responsável pela habilitação de estabelecimentos exportadores e que também realiza o controle de mercadorias na aduana.

O anúncio da suspensão foi por meio de um comunicado no site oficial da Administração Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês).

Os chineses informaram que a interrupção das compras entrou em vigor na segunda-feira, sem sinalizar quando os negócios podem ser retomados nem o motivo da decisão.

No mês de dezembro, a China havia suspendido as importações de carne de frango da unidade da BRF em Marau (RS), e em agosto, as importações de carne suína e de aves da unidade da BRF em Lucas do Rio Verde (MT).

O país asiático vem suspendendo, desde 2020, as compras de frigoríficos de vários países. A justificativa seria o maior controle sanitário, em razão da pandemia da covid-19.

Fonte: Estadão Conteúdo