HomeAgricultura

Fávaro defende projeto brasileiro para transição sustentável

Fávaro defende projeto brasileiro para transição sustentávelMinistro segue na China com importantes agendas para o país. Foto: Mapa

Inédito no País, etanol com pegada negativa de CO2 será produzido em MT
Imac apresenta balanço sobre a Missão Europa a pecuaristas de MT
Presidente da Aprosoja afirma que setor deve fazer a sua parte na questão do clima

Na segunda-feira, 27/3, o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, participou da abertura do evento “Diálogo China-Brasil de Desenvolvimento Sustentável: governos locais, think tanks e empresas em ação” em Pequim. Aos empresários e agentes governamentais chineses e brasileiros, Fávaro destacou as potencialidades do desenvolvimento sustentável do agronegócio do Brasil que, a partir do próximo Plano Safra, terá um incentivo ainda maior para a recuperação de pastagens em áreas de plantio, o que possibilita dobrar a área de produção no país.

“O Brasil pode e deve intensificar sua produção de alimentos. O Brasil pode e deve intensificar suas relações comerciais com a China. E podemos fazer tudo isso de forma sustentável, aumentando a produção, tanto da agricultura, quanto da pecuária, sem desmatar uma árvore”, ressaltou.

Organizado pelo Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) em parceria com o Center for China Globalization (CCG) e com apoio da Chinese People’s Association for Friendship with Foreign Countries (CPAFFC), o encontro tem o objetivo de aproximar governos locais, think tanks e empresas de ambos os países para uma transição para uma economia de baixo carbono.

Fonte: Mapa

LEIA MAIS:

Brasil negocia investimento chinês para recuperar pastagens degradadas

Barata e lucrativa: veja por que recuperação de pasto virou meta de governo

Recuperar pastagem é mais barato que desmatar, diz estudo

Adubação de pastagem é garantia de mais arroba por hectare

Programa recupera pastagens e aumenta em quatro vezes lotação animal