HomeEcologia

Estado tem sete cidades entre as dez que mais desmataram a Amazônia

Estado tem sete cidades entre as dez que mais desmataram a AmazôniaFeliz Natal liderou ranking de desmatamento em fevereiro. Foto: Prefeitura de Feliz Natal

Falta de verba força INPE a parar o monitoramento do Cerrado a partir de abril
Fundo Amazônia e fim de desmate podem render R$ 95 bi em dez anos
Degradação de pastagens cresce na Amazônia mato-grossense

O Mato Grosso foi o Estado que mais desmatou a Amazônia no último mês. Entre as dez cidades com mais devastação, sete são mato-grossenses. Foram 162 km² de alertas emitidos, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O jornal O Globo. destacou a informação.

O ranking da devastação é encabeçado por Feliz Natal, com 28,06 km² de desmate, seguido por Porto dos Gaúchos, com 18,6 km². O município de Apuí, no Amazonas, completa o top três ao registrar 14,71 km² de degradação ambiental.

Do Mato Grosso, também constam Juara (em quarto lugar), Querência (quinto lugar), Paranaíta (sétimo lugar), Santa Carmem (nono lugar) e Tabaporã (décimo). As outras são Rorainópolis, de Roraima, e Canutama, do Amazonas — elas ocupam o sexto e oitavo lugares respectivamente.

O Pará, que desde 2020 tinha representantes no topo da lista em fevereiro, não entrou na lista. No entanto, o Estado  empata com o Amazonas na segunda colocação dos que mais tiveram alertas de desmatamento gerados pelo sistema do Inpe.

O número de alertas de desmatamento na Amazônia bateu recorde em fevereiro, após baixa expressiva em janeiro. A alta foi de 62% ante o mesmo período do ano passado. A discrepância, porém, pode ter a ver com a cobertura de nuvens.