HomeEcologia

Sema capacita técnicos sobre resíduos de criação de bovinos

Sema capacita técnicos sobre resíduos de criação de bovinosProfessor Brener destacou potencial do Estado. Foto: Sema-MT

Sinop busca vencer baixa oferta de alimentos básicos com programa de agroecologia
Fundo Amazônia já recebeu R$ 3,3 bilhões em doações
Projeto visa recuperar todas as nascentes do Rio Lira

Mato Grosso conta com o maior rebanho bovino do país e tem potencial de produção de adubo como alternativa sustentável para os resíduos da criação de animais, de acordo com o professor da Universidade Federal de São João Del Rei, Brener Magnabosco Marra. Na sexta-feira, 31/3, ele realizou capacitação, com a participação de mais de 400 técnicos ambientais, promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT).

Para o pesquisador, o tratamento de resíduos orgânicos seja indústria, seja da criação de gado, que possibilite transformar este material em insumos e fertilizantes, é um assunto central na discussão mundial de boas práticas.

“É um Estado muito grande, que produz muitos resíduos e tem o maior rebanho, ao mesmo tempo que tem as maiores agroindústrias do Brasil com uma demanda enorme de fertilizantes. Então, você resolve o problema do resíduo mitigando o problema do fertilizante. A Sema está diretamente ligada às questões dos resíduos e como órgão ambiental é essencial para o desenvolvimento destas soluções”, destacou.

O secretário executivo da Sema-MT, Alex Marega, pontuou a importância desta capacitação para os responsáveis técnicos de empreendimentos, profissionais da área de meio ambiente e técnicos de órgãos ambientais.

“Vemos que existem formas de tratar os resíduos, tanto da produção animal, como industrial, e obter uma cadeia significativa da industrialização produzindo adubo orgânico. É muito importante que isso seja fomentado em Mato Grosso”, disse

Além do abastecimento da indústria, a transformação adequada de resíduos orgânicos reduz os impactos ambientais. Não tratar estes resíduos pode ocasionar a emissão de metano, contaminação do solo, da água e disseminar doenças.

A palestra “Legislação de Resíduos Orgânicos” abordou questões legais, forma de acondicionamento interno, tratamento em sistemas de compostagem e destinação final dos resíduos. Servidores da Sema participaram de forma presencial e a comunidade externa acompanhou por transmissão ao vivo, pela internet.

Para saber mais sobre os cursos da Escola de Meio Ambiente, clique aqui.

Fonte: Governo de MT