HomeEcologia

Transição energética será forte geradora de empregos no Brasil

Transição energética será forte geradora de empregos no BrasilAs energias solar e eólica trazem oportunidade. Foto: BNDES

Dólar sobe e renova máxima a R$ 5,66 com exterior, fiscal e caminhoneiros
Grupo Acron, da Rússia, compra fábrica de fertilizantes de MS
Petrobras e BNDES ampliam investimento em restauração florestal

A Petrobras participou, nesta quarta-feira, 8/5, da audiência pública “Formação e capacitação de mão de obra para transição energética”, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O gerente geral da Universidade Petrobras (UP), Antônio Felipe Flutt, falou sobre a necessidade de habilitar profissionais que possam ocupar as vagas que a transição energética irá criar.

“A qualificação de mão de obra é fundamental para gerar os empregos que as empresas e a indústria necessitarão para a transição energética. É necessário estudos específicos, mas penso que pode gerar milhares de vagas para mão de obra qualificada”, disse Flutt.

O gerente geral da UP explicou que a capacitação será em todos os níveis: básico, técnico e superior para atuação em projetos, construção e montagem, manutenção, operação e planejamento estratégico. Flutt ressaltou que a Petrobras, como empresa líder nesse setor, está comprometida em desempenhar um papel de liderança, capacitando profissionais e contribuindo para a construção de um futuro mais sustentável.

“A transição energética é um desafio complexo e que exige a mobilização de todos os setores da sociedade. Somente através do diálogo e da colaboração será possível construir um ecossistema de capacitação robusto e inclusivo, que promova uma transição energética justa, com equidade e sustentabilidade”, finalizou.

Participaram do debate, representantes da Federação dos Petroleiros (FUP); do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI); do Ministério de Minas e Energia (MME); do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP); entre outros.

Universidade Petrobras

A Universidade Petrobras (UP) é um centro de excelência onde o conhecimento é cultivado e compartilhado para impulsionar a inovação e o progresso. Na atual gestão, a Universidade está sendo reestruturada, fortalecida e regionalizada para enfrentar os desafios dos próximos 70 anos.

A UP possui três grandes Escolas, divididas em 13 Centros de Ciências e Tecnologias, que cuidam de mais de 80 grandes áreas de conhecimento, com desdobramento em mais de 500 conhecimentos relacionados. Além disso, possui os cursos de formação obrigatórios para os novos empregados, admitidos em concurso, para capacitá-los em suas atividades na Petrobras.

Fonte: Agência Gov