HomeEconomiaAgricultura

Grupo Acron, da Rússia, compra fábrica de fertilizantes de MS

Grupo Acron, da Rússia, compra fábrica de fertilizantes de MS

Rússia cita ‘sabotagem’ e recomenda suspensão de embarques de adubos
Rússia estenderá cotas de exportação de fertilizantes
Entrega de fertilizantes ao mercado recua 4,7% em maio na comparação anual

A Petrobras chegou a um acordo com o Grupo Acron para venda da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN3) de Mato Grosso do Sul. O anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, na sexta-feira, 4/1, em Três Lagoas (MS).

“A Agricultura brasileira vai ganhar muito com a implantação dessa fábrica, que vai produzir fertilizantes nitrogenados, a ureia que é imprescindível para que a nossa agricultura seja cada vez menos dependente desses nutrientes”, ressaltou a ministra.

Em comunicado, a Petrobras informou que chegou a um acordo para as minutas contratuais para a venda de 100% da UFN3 com o grupo russo Acron. Segundo a empresa, a assinatura do contrato de venda depende ainda de tramitação na governança da Petrobras, após as devidas aprovações governamentais.

Segundo a ministra, o tema será tratado com a Acron durante visita da comitiva brasileira à Rússia prevista para os próximos dias.

“Temos reunião marcada com vários produtores de fertilizantes e eles estão nessa lista. Teremos notícias lá de quando isso vai acontecer, quando eles chegam aqui”, disse Tereza Cristina.

A UFN3 é uma unidade industrial de fertilizantes nitrogenados localizada em Três Lagoas (MS). A construção da UFN3 teve início em setembro de 2011, mas foi interrompida em dezembro de 2014, com avanço físico de cerca de 81%. Após concluída, a unidade terá capacidade projetada de produção de ureia e amônia de 3.600 t/dia e 2.200 t/dia, respectivamente. A conclusão da Unidade será de responsabilidade do comprador.

Fonte: Mapa