HomeMundo

Exportadores de aves e de suínos promovem ação no Canadá

Exportadores de aves e de suínos promovem ação no CanadáSetor terá encontros com importadores e potenciais clientes. Foto: Agência Brasil

Dia Mundial do Frango: setor vive crise com alta dos custos de produção
Cenário de incertezas deve impedir avanço maior no setor de suínos em 2022, afirma Cepea
México suspende tarifas de importação para carne de frango

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), liderará uma ação setorial com agroindústrias de suínos e de aves durante a SIAL Canadá, feira de alimentos que acontecerá entre os dias 20 e 22 de abril, em Montreal.

Impulsionada pela recente abertura do mercado canadense para a carne suína do Brasil, a ação reunirá quatro empresas e cooperativas associadas – BRF, Copacol, Pamplona e Seara.

Na edição canadense da SIAL, o setor contará com encontros de negócios com importadores e potenciais clientes no espaço exclusivo da ABPA. A valorização da imagem setorial também estará em foco por meio das marcas setoriais Brazilian Chicken e Brazilian Pork, com a disponibilização de materiais promocionais ao público presente no evento.

A programação de ações terá, ainda, um seminário com importadores e stakeholders do mercado canadense. Promovido em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, o Consulado-geral do Brasil em Montreal, a Associação Brasileiras das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC) e a ApexBrasil, o evento contará com apresentações do presidente da ABPA, Ricardo Santin, e de representantes do Governo Brasileiro e da representação local do Brasil. Em pauta, estará a renovação da parceria bilateral para complementação da produção local de carne de aves, e o reforço da posição brasileira como fornecedor de carne suína de alta qualidade.

“Brasil e Canadá mantêm há anos uma parceria de complementaridade da demanda local de carne de frango. Apenas neste primeiro trimestre, exportamos quase 3 mil toneladas para o mercado canadense. Além de renovar esses laços, queremos mostrar que o Brasil também é um parceiro confiável de proteína suína, o que é reforçado não apenas pela qualidade dos nossos produtos, como também pelo status sanitário”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Fonte: ABPA