HomeAgricultura

Estado aumenta produção de café em 2% neste ano, prevê Conab

Estado aumenta produção de café em 2% neste ano, prevê  ConabCafé vem animando produtores em Sinop. Foto: PxHere

Aldeia indígena de MT produz café de alto padrão em parceria com Grupo 3 Corações
Empaer orienta produtor do cultivo até a embalagem do café
Empaer e parceiros produzem 45 mil mudas de café com mão de obra de reeducandos

Mato Grosso deve registrar um aumento de 2% na produção de café em 2023 e deve alcançar 232 mil sacas do grão torrado, o que coloca o Estado na 9° posição entre os estados produtores, de acordo com estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A notícia foi publicada no G1.

Os agricultores Antônio Sebastião Ribeiro da Silva e Maria José da Costa Silva apostaram na cultura e, atualmente, cultivam 500 pés de cafés, no sítio deles, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. O casal buscou consultoria técnica sobre plantio, torra, moagem e venda do café. Antônio da Silva revelou que o grão precisa passar por várias etapas até que seja embalado.

“O café fica em média quatro dias secando, depende muito do sol, depois ele vem para a máquina para ser limpo e, posteriormente, ele é encaminhado para o torrador, assim que torrado ele é moído. Eu e minha esposa fazemos tudo de forma manual, não tem nada industrializado aqui”, disse.

O engenheiro agrônomo Thiago Tombini explicou que a maior espécie do grão que Mato Grosso produz é o café conilon, mais conhecido como café robusta.

“Trinta municípios onde está tendo a produção, está ocorrendo a colheita. Desses municípios temos cinco cidades que se destacam que são: Colniza, Nova Bandeirantes, Cotriguaçu, Juína e Aripuanã, onde ele detém a maior produtividade desse café robusta no Estado”, contou ao site.