HomeAgricultura

No Dia do Milho, conheça mais sobre essa cultura milenar

No Dia do Milho, conheça mais sobre essa cultura milenarO milho chegou ao Mato Grosso, maior produtor do País, no anos 1970. Foto: Secom-MT

Aprosoja condena norma da UE: ‘Protecionismo comercial disfarçado’
Falta de dessecante para insumos pode prejudicar safra de soja
Excesso de chuvas pode ocorrer a partir de outubro, alerta professor

Hoje é Dia do Milho, uma das culturas mais antigas do mundo, com evidências de que ela seja cultivada há mais de 7 mil anos. Com origem nas Américas, o milho foi levado para a Europa, na época dos Descobrimentos, e até chegar, nos anos 1970, ao Mato Grosso, maior produtor do cereal no Brasil, muita história já foi descoberta sobre essa planta, de grande valor comercial em todo o mundo.

Vamos conhecer algumas curiosidades sobre o milho?

  • Atualmente, Mato Grosso é o maior produtor do cereal no país, com uma produção de 21 milhões de toneladas por safra. Em 2023, seu cultivo deve atingir 5,7 milhões de hectares.
  • O milho é responsável por 6% das calorias consumidas pela população humana em todo mundo, sem contar a ração animal e os alimentos processados.
  • O uso do milho em grão como alimentação animal representa a maior parte do consumo desse cereal, isto é, cerca de 70% no mundo.
  • Depois de seu valor alimentício tornar-se conhecido, passou a ser plantado em escala comercial e espalhou-se desde a latitude de 58º Norte (União Soviética) até 40º Sul (Argentina).
  • O ancestral do milho era uma planta mexicana com poucos grãos que se soltavam facilmente da espiga e uma casca praticamente intransponível.
  • Pesquisadores descobriram que “seres humanos já usavam e manipulavam a forma selvagem do milho, um capim chamado teosinto, por volta de 9 mil anos atrás no México”, segundo o antropólogo Logan Kistler, do Instituto Smithsonian, Estados Unidos.
  • Os índios são um dos grandes responsáveis pela chamada domesticação do milho, quando este chegou na Amazônia.

Fonte: Embrapa, Fapesp, Aprosoja