HomeConvida

Artigo: A Maior Tendência nas Feiras do Agro em 2022

Artigo: A Maior Tendência nas Feiras do Agro em 2022

A importância da representatividade feminina no agronegócio
Artigo: As várias profissões do produtor rural e sua resiliência
Artigo: Uma visão jornalística do agro em 2021. O que esperar em 2022?

Gigante 163 convidou diversos especialistas, produtores e influenciadores para colaborar com conteúdos que interessam os nossos leitores – profissionais do agronegócio. E neste mês, estamos de olho nas muitas feiras do agronegócio. 

A nossa convidada para este artigo, que além de ser uma agrônoma mato-grossense de sucesso, é uma das maiores influenciadores digitais do agro no Brasil, a Mih Guizini – ela tem participado da maioria das feiras desde que os eventos abertos ao público voltaram desde o início da pandemia, e na véspera da maior feira do ano, o AgriShow, ela nos passou uma prévia das maiores tendências em negócios das feiras. Encontre outras matérias de convidados aqui, e aproveite o artigo da Michele abaixo. 

Depois de dois anos com calendário suspenso por causa da pandemia mundial do novo coronavírus, finalmente, em 2022, as feiras e eventos agrícolas retornam ao cenário brasileiro.

E são nelas onde podemos encontrar os lançamentos, tendências e inovações no agronegócio.

Desde o início do ano, tive o prazer de prestigiar algumas feiras tradicionais, como Dinetc (Canarana / MT), Farm Show (Primavera do Leste / MT), Show Safra (Lucas do Rio Verde / MT) e Tecno Show (Rio Verde / GO). E o que consegui observar nelas?

O grande destaque em todos os setores é a TECNOLOGIA, e no agro não seria diferente!

A agricultura de precisão e análise de dados através de tecnologia de ponta são alguns dos maiores destaques. É um tipo de gerenciamento agrícola que usa de maquinário e artifícios para o retorno econômico, a sustentabilidade e baixo efeito negativo ao meio ambiente, individualizando cada área e cada produtor.

É a lavoura digital. Assim, tudo está cada vez mais interconectado: sistemas e aplicativos, sensores, maquinários com GPS, drones, tudo contribuindo para otimizar a produção.

Aí você me pergunta, mas Mih, o desenvolvimento de práticas agrícolas é algo assim tão novo?

E, surpreendentemente, eu te respondo: NÃO! Acredita?

O que acontece é que o agro, assim como muitos outros ramos da economia mundial, está relacionado com a evolução da humanidade. E no momento não tem nada mais atual do que usar a informação a nosso favor.

Mas para isso, você tem que ficar por dentro de toda a tecnologia de ponta que está disponível, sempre se atualizar e ficar atento às oportunidades. E são nas feiras que você consegue tudo isso, em poucos dias e tudo num lugar só!

Mas se você ainda não visitou nenhum evento agrícola neste ano, ainda dá tempo. Uma das maiores feiras agrícolas do mundo, a Agrishow (Ribeirão Preto-SP), vai reunir, de 25 a 29 de abril, soluções para todos os tipos de culturas e tamanhos de propriedades. Lá você vai poder ver de perto todas as tendências e inovações para o agronegócio e conferir mais de 800 marcas expositoras do Brasil e do mundo.

Eu vou!

Você não pode perder de jeito nenhum!