HomeEconomiaMundo

Barril de petróleo atinge US$ 139, com possível sanção a Moscou

Barril de petróleo atinge US$ 139, com possível sanção a Moscou

Crise de fertilizantes expõe nova batalha do agro por mais fertilidade do solo
Agronegócio de Mato Grosso sente reflexos da guerra no Leste Europeu
Exportação de milho de MT deve aumentar com guerra na Ucrânia

O barril de petróleo tipo Brent, negociado na Inglaterra, atingiu novo pico entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, 7/3, no horário de Brasília, a US$ 139,13, em meio à possibilidade de o governo dos Estados Unidos impor embargos direcionados ao petróleo russo.

No domingo, 6/3, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse que Washington e aliados europeus consideram banir importação de petróleo e gás natural russos, como retaliação à invasão à Ucrânia.

Além disso, novos ataques do país comandado por Vladimir Putin ao território ucraniano também contribuíram para o avanço da commodity.

No decorrer da madrugada, porém, os ganhos desaceleraram, após notícias de novo cessar-fogo e abertura de corredores humanitários em áreas ucranianas.

Às 4h43, no horário de Brasília, o barril do petróleo WTI, negociado nos EUA, para abril, saltava 8,16%, na Nymex, a US$ 125,12, enquanto o do Brent, para maio, avançava 8,73% na ICE, a US$ 128,42.

Fonte: Estadão Conteúdo