HomeEconomiaAgricultura

Congresso aprova R$ 868,49 para Plano Safra, mas setor espera R$ 9 bi

Congresso aprova R$ 868,49 para Plano Safra, mas setor espera R$ 9 biContratações estão suspensas desde de fevereiro. Fonte: CNA

Após China, EUA podem barrar carne bovina do Brasil, diz jornal
Governo de Mato Grosso vai reativar mais dois garimpos em Mato Grosso
Agricultura amplia períodos de vazio sanitário da soja para 2022

O Congresso Nacional aprovou nesta quinta-feira, 28/4, o PLN 01/2022, do Poder Executivo, que destina R$ 868,49 milhões para o Plano Safra. Os recursos irão atender programas do Ministério da Agricultura, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e operações de custeio agropecuário, de comercialização de produtos agropecuários e de investimento rural e agroindustrial voltadas ao atendimento do Plano Safra 2021/2022. O texto segue para sanção presidencial.

De acordo com o secretário de Política Agrícola do Mapa, Guilherme Bastos, a medida permitirá a reabertura das contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis, suspensas desde 7 de fevereiro de 2022, possibilitando, assim, que o montante de R$ 24 bilhões, represados nesse período, seja destinado à contratação e liberação de novos financiamentos.

De acordo com reportagem do Estadão, no entanto, os R$ 868,49 milhões liberados pelo Congresso servirão apenas para  cumprir com os compromissos já firmados.

“Diante do atual patamar dos juros, o setor já sabe que taxas mais altas devem entrar na negociação, sobretudo para a fatia paga pelos grandes produtores”, diz a reportagem.

A maior preocupação agora, segundo a reportagem, é onde buscar os recursos para o próximo Plano Safra. A expectativa dos produtores é de um incremento de R$ 9 bilhões nos recursos previstos para bancar os juros na safra 22/23.