HomeEconomiaAgricultura

Congresso aprova R$ 868,49 para Plano Safra, mas setor espera R$ 9 bi

Congresso aprova R$ 868,49 para Plano Safra, mas setor espera R$ 9 biContratações estão suspensas desde de fevereiro. Fonte: CNA

Produção de Carne Carbono Neutro é tímida, mas promissora
Incerteza no mercado internacional faz preço da soja cair
Casos de malária caem 67% com fechamento de garimpos ilegais em MT

O Congresso Nacional aprovou nesta quinta-feira, 28/4, o PLN 01/2022, do Poder Executivo, que destina R$ 868,49 milhões para o Plano Safra. Os recursos irão atender programas do Ministério da Agricultura, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e operações de custeio agropecuário, de comercialização de produtos agropecuários e de investimento rural e agroindustrial voltadas ao atendimento do Plano Safra 2021/2022. O texto segue para sanção presidencial.

De acordo com o secretário de Política Agrícola do Mapa, Guilherme Bastos, a medida permitirá a reabertura das contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis, suspensas desde 7 de fevereiro de 2022, possibilitando, assim, que o montante de R$ 24 bilhões, represados nesse período, seja destinado à contratação e liberação de novos financiamentos.

De acordo com reportagem do Estadão, no entanto, os R$ 868,49 milhões liberados pelo Congresso servirão apenas para  cumprir com os compromissos já firmados.

“Diante do atual patamar dos juros, o setor já sabe que taxas mais altas devem entrar na negociação, sobretudo para a fatia paga pelos grandes produtores”, diz a reportagem.

A maior preocupação agora, segundo a reportagem, é onde buscar os recursos para o próximo Plano Safra. A expectativa dos produtores é de um incremento de R$ 9 bilhões nos recursos previstos para bancar os juros na safra 22/23.