HomeAgricultura

Fávaro discute pautas do setor com Frente Parlamentar da Agropecuária

Fávaro discute pautas do setor com Frente Parlamentar da AgropecuáriaMinistro defendeu Conab em sua pasta debateu pautas do agro. Foto: Mapa

Conab atualiza preços mínimos de produtos da safra de verão
Mapa, MDA, Conab e Apex destacam união em prol do agro
Importação recorde de adubo pelo Brasil garante oferta, apesar da crise

Em sua primeira visita como ministro à Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Carlos Fávaro debateu os temas considerados prioritários para os representantes do Congresso Nacional durante reunião realizada na terça-feira, 2/5, em Brasília. O Valor Econômico destacou que uma das questões centrais foi o retorno da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) à estrutura do Mapa. Desde o início do governo Lula, a Conab faz parte da estrutura do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

“Não existe Ministério da Agricultura sem uma companhia de apoio à comercialização, não existe Secretaria de Política Agrícola sem um braço operador de apoio às políticas públicas”, disse Fávaro.

O ministro revelou que deixou essa posição evidente para o presidente.

“Não estou conspirando contra o governo, estou pondo uma posição técnica importante para o bom andamento da política agrícola brasileira”, concluiu.

Demandas do agro

Durante cerca de três horas, os parlamentares apresentaram as principais demandas em tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal relacionadas à agropecuária brasileira, como o marco temporal, demarcação de terras indígenas, defensivos agrícolas, entre outros.

“As pautas que a FPA tem como prioritárias, eu, como senador, trabalhei muito por elas e vou continuar trabalhando. Esses compromissos são fruto de um grande debate e o parlamento deve continuar fazendo-o com o posicionamento e a postura apoiadora do Mapa para que avancem as pautas que são tão relevantes para a agropecuária sustentável”, comentou o ministro.

Presidente da FPA, o deputado federal Pedro Lupion destacou que o Mapa é onde a bancada busca interlocução e auxílio junto ao governo federal e também o debate de temas importantes para o setor.

Nesta primeira reunião oficial com a FPA, o ministro apresentou um balanço das principais ações do Mapa nestes primeiros meses de 2023, que já acumula a abertura de 16 mercados para produtos do agronegócio brasileiro e o recorde de exportações no primeiro trimestre, somando U$ 35,95 bilhões.

De acordo com Fávaro, a interlocução com os parlamentares tem sido constante e o Mapa faz questão de manter o diálogo aberto com o Legislativo na busca de resultados eficazes para o desenvolvimento da agropecuária brasileira.

No evento, o ministro destacou o sucesso da linha de crédito rural dolarizada lançada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), cujos R$ 2 bilhões disponibilizados foram contratados no primeiro dia da Agrishow.

Fávaro também esclareceu os parlamentares sobre invasões de terras, reforçando que terra invadida não é passível de Reforma Agrária.

Fonte: Mapa