HomeProdutividade

Mais 47 defensivos agrícolas são registrados, informa ministério

Mais 47 defensivos agrícolas são registrados, informa ministério

UFMT pesquisa produção de defensivos biológicos por fungo
Ministério aprova registro de novos defensivos para controle de pragas
Ministério da Agricultura registra 50 defensivos agrícolas

O Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária publicou nesta quarta-feira, 17/11, no Diário Oficial da União, o registro de 47 defensivos agrícolas formulados. Desses, segundo a pasta, em nota, 12 são considerados de baixo impacto ou de base biológica.

“Dos produtos de baixo impacto registrados na data de hoje, três deles são compostos por novos microrganismos. Um com o Trichoderma afroharzianum, autorizado para controle de diversas doenças fúngicas e dois produtos com o Chrysoperla externa, inseto predador que é inimigo natural de diversas pragas. Os demais produtos de baixa toxicidade são compostos dos organismos Telenomus podisi, Bacillus thuringiensis var. kurstaki isolado, Trichoderma asperellum, Beauveria bassiana, Metarhizium anisopliae e baculovirus da Spodoptera frugiperda. Esses baculovirus são vírus específicos de lagartas, sendo inofensivos a seres humanos e outros animais”, disse a pasta.

O outro produto inédito é um herbicida com o ingrediente ativo Halauxifeno Metílico para controle de plantas daninhas na cultura de soja como a buva (Conyza bonariensis) e o capim amargoso (Digitaria insularis).

“Esse produto é apresentado em associação com o ingrediente ativo Diclosulan, já autorizado no território nacional.”

“Apesar de ser o primeiro registro no nosso País, o ingrediente ativo Halauxifeno Metílico já é amplamente utilizado em vários outros países como Estados Unidos e Austrália, bem como na União Europeia”, explica na nota a coordenadora substituta de Agrotóxicos e Afins, Marina Dourado.

De acordo com o Ministério da Agricultura, os demais produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no País.

“Com o registro desses 12 produtos, somam 77 produtos de baixa toxicidade para o controle de pragas registrados em 2021. Em 2020, ano recorde de registro de biopesticidas, foram registrados 95 produtos desse tipo. Atualmente, soma-se um total de 488 produtos de baixo impacto disponíveis para os produtores.”

Fonte: Estadão Conteúdo