HomePecuária

Governo reconhece áreas livres de febre aftosa sem vacinação

Governo reconhece áreas livres de febre aftosa sem vacinaçãoPortaria foi publicada no DOU desta segunda (25). Foto: Agência Gov

Pastagens aemaçam bactérias cruciais para vida na Amazônia
Plano Safra mais sustentável é visto como oportunidade pelo agro
Demanda enfraquecida pressiona valores do milho, diz Cepea

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) reconheceu mais 16 estados e o Distrito Federal como área livre de frebre aftosa no rebanho bovino sem vacinação. Uma portaria publicada no Diário Ofcial da União desta segunda-feira, 25/3, reconhece nacionalmente como livre de febre aftosa sem vacinação os estados do Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.

Eles se somam aos estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, Rondônia e partes do Amazonas e de Mato Grosso, que já tinham reconhecimento internacional de zona livre de febre aftosa sem vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA).

A portaria também proíbe o armazenamento, a comercialização e o uso de vacinas contra a febre aftosa nos 16 estados e no DF a partir de agora. Tanto a vacinação quanto o armazenamento do imunizante poderão ser utilizados mediante autorização do Departamento de Saúde Animal da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e Pecuária.

Fonte: Agência Gov