HomeAgriculturaProdutividade

Seguro do INMET pode auxiliar agricultor a avaliar risco climático

Seguro do INMET pode auxiliar agricultor a avaliar risco climáticoParâmetro acordado dispara gatilho de cobertura da apólice do seguro. Foto: CNA

Valor Bruto da Produção de 2021 é estimado em R$ 1,119 trilhão
Governo lança ‘Mapa do CAR’ para facilitar pedidos de cadastro pelos produtores
Estado investirá R$ 3 milhões em pesquisas para melhoramento genético de pulse e grãos especiais

Acompanhar as mudanças climáticas e seus impactos ambientais está na ordem do dia.  E o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) sabe disso. Nos últimos meses, o órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) trabalhou no Seguro Paramétrico, o chamado “SIM-INMET”, em que a seguradora, o cliente e o corretor acordam um parâmetro que vai disparar o gatilho de cobertura da apólice do seguro.

Esse parâmetro é ligado a variáveis climáticas, como por exemplo, excesso ou falta de chuva ou de vento ou ainda variações não esperadas em níveis de temperatura. O contrato de seguro define o período em que o parâmetro precisa ser atingido, a localização de cobertura e as informações climáticas do INMET.

Se, durante o período de vigência da apólice, o parâmetro for atingido, a indenização é feita conforme o contratado.

Apoio ao agro

O INMET  também tem apoiado empresas do agronegócio a realizarem uma Análise Gestão de Risco Climático personalizada por meio do sistema de previsão climática do INMET e a escolha de indicadores econômicos/climáticos que reduzem os impactos negativos das mudanças climáticas.

Na visão do coordenador-geral de Modelagem Numérica do INMET, Paulo Costa, “a construção dos indicadores a partir dos dados do INMET reduz perdas patrimoniais e de produtividade, o que ainda preserva vidas.”

A ferramenta está sendo utilizada por produtores de cacau do sul da Bahia, em parceria com a NEWE Seguros S.A., a Wiz Corporate Partners, a Dengo Chocolates e ZCO2/BlockC, juntamente com o apoio do Instituto Arapyaú.

Fonte: INMET