HomeEconomia

Entrega de fertilizantes ao mercado em 2021 teve alta de 13%

Entrega de fertilizantes ao mercado em 2021 teve alta de 13%Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Verde Agritech investe em adubos aditivados com microrganismos
‘Mudar lei ambiental não vai resolver o nosso problema com fertilizantes’
Brasil negocia com EUA mais acesso a fertilizantes do Irã

As entregas de fertilizantes ao consumidor final somaram 45,855 milhões de toneladas de janeiro a dezembro do ano passado, alta de 13% ante o ano anterior (40,564 milhões de toneladas). Como o mato-grossense tem visto aqui neste espaço, o atual conflito armado no Leste Europeu tem deixado o setor agropecuário apreensivo pelas incertezas de entrega do insumo neste 2022. Na tentativa de manter o fluxo dos fertilizantes, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou na terça-feira, 15/03, que navios que chegarem ao Brasil com a mercadoria não precisão enfrentar filas para descarregar.

Em dezembro do ano passado, as entregas atingiram 3,314 milhões de toneladas, 0,1% acima de igual mês do ano anterior. Os dados, da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), foram divulgados nesta quarta-feira, 16/03. Desde 2019, a Anda tem apresentado os números de entregas de adubos no País com atraso.

A produção nacional de fertilizantes intermediários aumentou 7,3% em 2021, para 6,990 milhões de toneladas. Foram 663,95 mil toneladas de adubos intermediários produzidos em dezembro, 20,5% acima de igual mês do ano anterior.

A importação de adubos intermediários aumentou 19,3% no ano passado, para 39,201 milhões de toneladas. Só em dezembro foram importados 3,560 milhões de toneladas, 20,4% acima de igual período de 2020.

As exportações do produto em 2021 totalizaram 683,83 mil toneladas, alta anual de 17,1%. Em dezembro, o volume exportado chegou a 40,37 mil toneladas, queda de 32% na comparação anual.

Os estoques de produtos intermediários para fertilizantes e formulações NPK (de nitrogênio, fósforo e potássio) chegavam a 7,273 milhões de toneladas em 31 de dezembro de 2021, 17,3% acima dos 6,199 milhões de toneladas reportadas ao fim de 2020, segundo a Anda.

Fonte: Estadão Conteúdo

LEIA TAMBÉM:
Plano Nacional de Fertilizantes propõe aumentar produção interna até 2050
Alta de gás faz Yara reduzir produção de fertilizantes na Europa
‘Mudar lei ambiental não vai resolver o nosso problema com fertilizantes’
Árabes querem ampliar exportação de fertilizantes para o Brasil