HomeEconomia

Rússia cita ‘sabotagem’ e recomenda suspensão de embarques de adubos

Rússia cita ‘sabotagem’ e recomenda suspensão de embarques de adubos

Alta dos preços do agro impulsiona recorde de exportações em junho
Exportações do agro batem recorde em fevereiro e ultrapassam US$ 10 bi
Exportações de MT crescem 55,4% entre janeiro e fevereiro de 2022

O Ministério da Indústria e Comércio da Rússia recomendou nesta sexta-feira 4/3, que os produtores de fertilizantes do país suspendam as vendas ao exterior até que os transportadores retomem o ritmo normal de trabalho e haja garantia de cumprimento das entregas.

O ministério fala em “sabotagem por várias empresas de logística estrangeiras” para impedir que os agricultores de  todo o mundo recebam fertilizantes da Federação Russa.

“Falhas nas remessas de fertilizantes podem ter um impacto direto na segurança nacional em vários países e causar séria escassez de alimentos para centenas de milhões de pessoas já no médio prazo”, disse o ministério em seu comunicado.

De acordo com o Valor, os embarques russos já estavam paralisados devido às sanções financeiras impostas ao Kremlin por causa da guerra contra a Ucrânia e à postura que armadores e empresas de navegação que atuam no Mar Negro adotaram. O fornecimento de fertilizantes aos agricultores russos está garantido, pontuou o
governo.

“Tendo em conta a situação atual com o trabalho dos operadores logísticos estrangeiros e os riscos a ele associados, o Ministério da Indústria e Comércio da Rússia foi obrigado a recomendar aos produtores russos a suspensão temporária do embarque de fertilizantes russos para exportação até que os transportadores
retomassem o ritmo normal de trabalho e fornecessem garantias para a implementação de entregas de exportação de fertilizantes russos na íntegra”, observou o ministério.