HomeEconomia

Veja por que houve queda no preço da carne bovina em maio

Veja por que houve queda no preço da carne bovina em maioFoto: Abiec/Divulgação

Frigoríficos em MT usaram 69,28% da capacidade de abate em fevereiro, diz Imea
Frigoríficos de Mato Grosso podem fechar por falta de gado, diz sindicato
Aliança Agroeconômica divulga análise trimestral do Plano Safra 21/22

Os preços do boi gordo (Indicador CEPEA/B3, Estado de São Paulo) caíram 4% no acumulado de maio, fechando a R$ 321,40/arroba no dia 31, informou o Cepea nesta quinta-feira, 2/06.

Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão veio do crescimento na oferta de boi, como típico neste período do ano, quando as pastagens começam a se deteriorar, e o pecuarista acaba direcionando os animais para abate, visando evitar gastos com suplementação.

Além disso, a fraca demanda doméstica por carne também reforçou o movimento de queda nos preços do boi gordo.

Pesquisadores do Cepea indicam que o poder de compra da população brasileira está fragilizado, e consumidores buscam proteínas mais baratas, como ovos e frango, em detrimento da carne bovina.

Neste cenário, as vendas de carne no mercado atacadista estiveram tão lentas em maio, que a carcaça casada do boi se desvalorizou 6,3% no acumulado do mês. Trata-se da maior baixa no acumulado de um mês desde janeiro de 2020, quando a retração foi de 8,16%.

Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)