HomeAgriculturaProdutividade

Impactos do clima na agricultura reforçam necessidade de expansão do seguro rural, diz Abramilho

Impactos do clima na agricultura reforçam necessidade de expansão do seguro rural, diz Abramilho

Carlos Fávaro exalta qualidade do milho brasileiro em congresso
El Niño: seca nos rios do Norte pode prejudicar preço de grãos
Déficit de armazenagem preocupa produtor de milho e soja

A seca que castiga lavouras da Região Sul e de parte de Mato Grosso do Sul, bem como enchentes que atingem, sobretudo Minas Gerais, Tocantins e Bahia têm potencial para provocar quebra de produção do ciclo verão da safra de grãos, alertam cálculos de secretarias estaduais de Agricultura e de consultorias.

Na avaliação da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), o quadro atual, que ilustra a intensificação das mudanças climáticas, uma vez mais, reforça a necessidade urgente de expansão do seguro rural, que hoje em dia cobre aproximadamente apenas entre 10% a 15% da área agrícola do País.

Segundo o presidente institucional da entidade, Cesario Ramalho, a despeito de avanços no orçamento destinado à subvenção federal nos últimos anos – embora ainda muito aquém do satisfatório -, os recursos também sofrem com rotineiros contingenciamentos, o que prejudica o acesso do produtor.

“Ou seja, além de insuficiente, a verba ofertada não chega no tempo certo à ponta final, o que é crucial para a atividade agrícola. O seguro rural é tradicionalmente caro em todo o mundo e a subvenção, presente nos principais países produtores, é um mecanismo de gestão de riscos que o Brasil não pode prescindir”, afirma Ramalho.

De acordo com o presidente da Abramilho, observa-se a expansão de produtos e serviços privados dedicados a fomentar novas fontes de crédito para o agronegócio.

“Nesta jornada, as ferramentas digitais têm sido relevantes para ampliar as oportunidades de financiamento agrícola. A tecnologia da informação vem permitindo a entrega de dados, que ajudam a personalizar as propostas de crédito, de acordo com o histórico e perfil do produtor. No caso do seguro rural, esta possibilidade pode ter impacto positivo para baratear o valor do prêmio das apólices, e contribuir para expansão do mercado”, diz ele.

Fonte: Abramilho

LEIA TAMBÉM:
Crédito rural cresceu 30% de julho a dezembro de 2021

Inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%, a maior desde 2015
Gasolina e diesel ficam mais caros a partir desta quarta-feira