HomeEcologia

Temperatura será acima da média em praticamente todo País em abril

Temperatura será acima da média em praticamente todo País em abrilAbril marca a transição do tempo chuvoso para o seco. Foto: Joélson Alves/Agência Brasil

Restauração de área degradada em MT melhora qualidade de bezerros
Governo de Mato Grosso aprova medidas de incentivo à suinocultura
Mudança climática: seca avança pelo Brasil, que registra 1ª região árida

As temperaturas devem ficar acima da média em praticamente todo o País neste mês de abril, principalmente na parte oeste das regiões Sul e Sudeste, além da Região Centro-Oeste. A previsão é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão do Ministério da Agricultura e Pecuária.

Segundo o Inmet, nas regiões Norte e Nordeste, as temperaturas podem ultrapassar a média de 26°C. Na Região Sudeste, devem variar entre 22°C e 26°C e, na Região Sul, entre 18°C e 24°C. Já em áreas de maior altitude das regiões Sul e Sudeste, são previstas temperaturas inferiores a 17°C.

Chuvas

Com relação às chuvas, a tendência é de volume acima ou próximo da média na parte oeste da Região Norte. Já no centro-leste do Pará, Tocantins e em grande parte da Região Nordeste, a previsão indica chuva abaixo da média. Também há possibilidade de ocorrência de chuva na parte norte e leste da Região Nordeste em virtude da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), assim como o aquecimento do Atlântico Tropical.

Impacto na safra

Considerando o prognóstico climático para abril/2024 e seu possível impacto na safra de grãos 2023/2024 para diferentes regiões produtoras, o Inmet ressalta que o Matopiba (região que engloba áreas do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) “vem apresentando níveis de umidade no solo satisfatórios nos últimos meses, favorecendo o desenvolvimento das culturas de primeira e segunda safra”.

Segundo a meteorologia, a previsão de chuva abaixo da média na região em abril poderá afetar o potencial produtivo das lavouras em desenvolvimento, porém, o processo de colheita pode ser beneficiado. O mesmo cenário está previsto para os Estados de Mato Grosso e Goiás.

“Abril é um mês de transição entre o período chuvoso e o seco na parte central do País”, esclareceu o Inmet.

Já nas regiões Sul e Sudeste e no centro-norte de Mato Grosso do Sul, são previstos volumes de chuva próximos ou acima da média em abril, “mantendo os níveis de água no solo elevados e favorecendo o manejo e desenvolvimento dos cultivos de primeira safra e segunda safra, mas podem interromper a colheita em algumas áreas”, disse o Inmet.

“Entretanto, no sul de Mato Grosso do Sul e parte do centro-sul do Rio Grande do Sul, há possibilidade de restrição hídrica nas lavouras, onde a previsão aponta chuva ligeiramente abaixo da média, podendo afetar o desenvolvimento dos cultivos que se encontram em estágios fenológicos de maior necessidade hídrica”, ponderou o instituto.

Fonte: Estadão Conteúdo